Atualizado em 3-5-2019

Embora pareça algo simples, existem considerações a serem levadas que não são tão óbvias para uma grande parcela das pessoas e isso precisa ser explicado de uma forma bem clara para não comprometer a saúde do seu furão.

  • Furões NÃO devem ser mantidos confinados em espaços pequenos
  • Somente mantenha-os nas gaiolas quando não puder supervisiona-los
  • Furões necessitam de atividade física e de desafios mentais
  • O tempo mínimo recomendado fora das gaiolas é de 4 horas por dia

Por que gaiolas ?

Gaiolas são fundamentais para ter controle de onde o animal está quando você não estiver em casa ou estiver ocupado com algo.

Elas servem para manter seu furão fora de perigo quando estiverem sozinhos. Furões são exploradores natos e tendem a xeretar tudo. Podem facilmente “desaparecer” em casa, indo parar dentro de um gaveteiro, lavadora de louças, ralo de água, vaso sanitário, moder um fio elétrico, ou comer algo que possa mata-los.

Esses tipos de ameaças são muito reais. O tópico sobre como preparar a sua casa para furões (ferret proofing) é de leitura obrigatória para qualquer pessoa que queira ter um desses fantásticos pets.

Lembre-se que é obrigação do humano dar segurança aos seus companheiros de quatro patas.

Infelizmente há muitas pessoas que negligenciam isso e o número de animais feridos e mortos em acidentes domésticos não é baixo.

Como as gaiolas devem ser ?

Elas devem ser espaçosas, com no mínimo 60 x 100 x 60 cm. O ideal são as maiores com vários andares e rampas.

É fundamental que as gaiolas tenham o piso onde os animais andam forrados com linóleo ou outro material similar para que não machuque as patas nem as prendam.

Piso de grade é uma péssima idéia e uma das maiores causas de danos sérios às patas e mesmo de fraturas.

Também é importantíssimo que o espaçamento entre as barras das grades seja de no máximo 1/2 polegada (1,25 cm), pois há relatos de furões morrerem ao tentar passar por entre as grades.

Gaiolas pequenas para hamsters, coelhos e chinchilas NÃO SERVEM !

Os fechos devem ser realmente bons. Furões são escapistas exímios.

Sobre as rampas:

ATENÇÃO !

Minha amiga Brenda Johnson, do Lakeroad Ferret Farm Rescue/Shelter me fez um alerta de enorme importância sobre as rampas presentes em gaiolas de diversos níveis. Ela as considera perigosas e já presenciou acidentes sérios.

Existem rampas “sólidas” e rampas “vazadas” (as que tem vãos). As vazadas são muito perigosas, pois os animais podem prender uma para em um vão e ter a mesma fraturada facilmente. Os ossos dos furões não são dos mais resistentes.

Mesmo recobrindo as rampas vazadas com uma cobertura em tecido ou usando rampas sólidas ainda há perigo,  pois muitas vezes ao devolver um furão agitado para a gaiola ele pode tropeçar ou escorregar na rampa e cair de costas, lesionando a espinha ou pescoço.

A recomendação dela é não ter as rampas e colocar objetos nos quais eles possam subir para conseguirem alcançar os outros níveis ou mesmo as redinhas e abrigos suspensos. Isso também torna-se uma forma de exercício e deixa a musculatura tonificada como deve ser e torna os ossos mais fortes.

 

Exemplos de boas gaiolas:

91nJdg14IvL._SL1500_
Gaiola para furões de 2 níveis

1491946-right-1

Tenha em mente que o ideal é quanto maior, melhor.

Jamais use aquelas gaiolas de madeira com tela fina para aves. A chance de ferimentos graves é enorme.

O que por dentro das gaiolas – Equipando a gaiola

Recipientes para alimentos e bebedouros para água

Obrigatoriamente pelo menos DOIS bebedouros, bem fixados, e a água deve ser trocada pelo menos duas vezes por dia. Pense na água que você gostaria de beber !

Água parada ou com poucas trocas é fonte certa de diarréia e outras complicações de saúde.

É aconselhável que tenha pelo menos uma tigela pesada ou fixada no chão da gaiola para os alimentos e uma segunda com água (além dos bebedouros), eles gostam de enfiar a cara na água e as vezes querem refrescar-se. Uma tigela de água incentiva-os a beberem mais água e isso só faz bem, além de dar mais conforto para eles.

Furões ficam desidratados muito facilmente, e isso pode levar a morte em questão de um dia. Água é vida, lembre-se disso.

Demais acessórios importantes

É importante complementa-las com acessórios como redes para dormir, cobertores de microfibra bem macios, tubos e coisas similares, eles adoram ! Até eu adoro ! Sério, tem coisa mais bonitinha ?

As gaiolas devem ter algum refúgio escuro para que possam dormir sossegadamente.

Uma das causas relacionadas com a doença adrenal é relacionada com a falta de escuridão total para eles descansarem. O ciclo circadiano é perturbado de tal maneira que causa um desbalanço hormonal, que leva à sobrecarga das glândulas adrenais.

35

tenthammock

A caixinha sanitária

Ao contrário de cães, furões são extremamente exigentes com a higiene, mais até do que gatos.

Furões podem ser treinados para usar a caixinha para as suas necessidades. A caixa deve ser obrigatoriamente mantida limpa. Eles costumam usa-la logo após acordarem. O tamanho da caixa dever ser o suficiente para que possam usa-la confortavelmente, e elas devem estar presas ao fundo da gaiola, senão já sabe o que irá acontecer.

Dentro da gaiola deve haver uma caixa sanitária (banheiro, para os brasileiros e casa de banho para os portugueses), que deve ser fixada a um dos cantos, LONGE dos alimentos.

A caixa sanitária deve ser limpa TODAS as vezes que for usada. Não deixe dejetos dentro da gaiola sob hipótese alguma.

As gaiolas devem ser mantidas LIMPÍSSIMAS, totalmente livre de quaisquer tipos de dejetos. Isso é importantíssimo e afetará diretamente o bem estar do seu amigo.

Se a gaiola for grande e for usada por mais de um furão, é uma boa idéia ter duas caixas sanitárias.

Aqui tem um bom artigo (em inglês) sobre isso, mas vou fazer um resumo.

aid26344-v4-728px-Litter-Train-Your-Ferret-Step-3-Version-3

  1. Inicialmente mantenha seu furão na gaiola com a “caixinha”
  2. Observe se ele está usando. Se ele preferir outro local, mova a caixa para lá.
  3. Depois dele ter usado a caixinha dentro da gaiola, deixe-o em um comodo sob supervisão. Coloque outra caixinha no comodo.
  4. Se ele correr para um canto, pode ter certeza que ele irá fazer mais alguma coisa, pegue ele rápido e ponha na caixinha. Quando ele usa-la dê um petisco.
  5. Jamais brigue com ele se ele não fizer como esperado.
  6. Observe se eles gostam de um local especifico e coloque uma caixa lá.
  7. Tenha paciencia e se não der certo no inicio, volte ao número 1. Dá tarbalho mas não desista, que ele irá aprender.

Materiais permitidos para uso na “litter box”

  • Granulado feito de papel reciclado
  • Granulado de madeira desnaturado (sem os óleos essenciais da madeira)
  • Granulado a base de bentonita
  • Granulado de alfafa (alimento para coelhos)

Na falta pode usar

  • Jornal picado (desses de picadoras de documentos, pois geram poeira)
  • Material absorvente para gatos sem cheiro nem produtos quimicos

NÃO USE:

  • Serragem de nenhum tipo. Os óleos presentes na madeira são tóxicos para furões
  • Nenhum tipo de material a base de sílica
  • Nenhum material poeirento

Higiene complementar nas gaiolas

A maior causa das reclamações quanto ao odor dos furões está relacionada com as gaiolas e seus acessórios. Todo material deve ser lavado e higienizado com frequência, portanto é bom ter algum de reserva para que seu amigo não fique sem o conforto necessário.

Normalmente os cobertores e refúgios devem ser lavados com sabão sem perfume (ou com menos perfume possivel), neutro, da mesma forma que faria para um bebê. Cuidado extremo se for desinfetar com cloro ! Resíduos de cloro são extremamente nocivos e podem causar cegueira, danos respiratórios e queimaduras graves.